domingo, 19 de outubro de 2014

Casamento

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Buenos Aires - Voltamos das férias

Férias em Buenos Aires é uma experiência única para quem trabalha com o mundo das festas. Nos divertimos e tivemos novas experiências realmente inesquecíveis. A cidade parece ter sido congelada a mais de 100 anos, na "Belle Epoque", numa época de imensa riqueza fazendo jus em ser chamada de pequena Paris da América do Sul. Muito diferente da situação econômica que se encontra hoje.

Só para ter uma ideia a embaixada do Brasil funciona em um antigo palácio, que como muitos outros foram vendidos ao governo. Dele o embaixador vai para o consulado, que fica do outro lado da rua, através de uma passagem subterrânea.
Além dos vinhos e das carnes o que mais os portenhos gostam é dos doces. Em cada esquina existe um "kiosko" de doces e chocolates, um café ou uma confeitaria. Saímos do Brasil com um plano já traçado e um dos locais que selecionamos, o Smeterling, por coincidência estava a duas quadras de distância do nosso hotel no bairro da Recoleta. Realmente merece ser considerada uma das melhores confeitarias de Buenos Aires.
Os macarons estavam perfeitos!

Para ter uma ideia de preços 1 real estava valendo 5 pesos. Ou seja divide ai por 5 para ter o preço em real.
Tomamos o chá da tarde do Hotel Alvear, um dos hotéis mais luxuosos de Buenos Aires. Impressionante o luxo do lugar, foi uma experiência única.
Uma diferença que sentimos foi que eles não salgam demais as carnes nem os doces têm muito açúcar. Isto não significa que deixam de ser muito, muito gostosos. O pudim com doce de leite da churrascaria La Cabrera é um exemplo disto.
Além disto não pudemos deixar de visitar o Caminito onde foi criado o Tango, a casa rosada, o cemitério da Recoleta com suas esculturas gigantes, o show do Senor Tango, a Galeria Pacífico que é um shopping muito bonito com seus afrescos, os outlets da Villa Crespo e a feira de San Telmo com suas antiguidades. Mesmo assim não conseguimos ver muitas e muitas outras coisas na cidade.

Já tá no roteiro da próxima visita o Porto Madero que é o bairro mais caro de Buenos Aires, o Café Tortoni e o Parque Japonês. É uma cidade linda e cheia de história que precisa realmente de mais de uma semana para ser explorada. Já deixa muitas saudades.